pratica-yoga-tpm

A prática de Hatha Yoga para a Mulher na TPM

Desde a adolescência as mudanças hormonais que a mulher é submetida alteram seu corpo, seu humor, sua saúde, comportamento e personalidade. A mulher é muito beneficiada pela prática de Hatha Yoga em todas as fases da vida e nesse artigo vamos falar sobre os sintomas da TPM, dados importantes e no final vou indicar cinco posições de yoga para você começar a praticar hoje mesmo o Hatha Yoga e ter uma vida com menos dores e mais qualidade.

Há muitas mulheres que sofrem de TPM, desde os sintomas mais leves até os mais agudos, atingindo mais ou menos 80% das mulheres na idade fértil. Sintomas desagradáveis que variam de mulher para mulher. Alguns dos sintomas principais são a retenção de líquido, causando inchaço e seios doloridos, cólicas, dor de cabeça, enjoos, irritabilidade, agressividade, alterações bruscas de humor, tristeza, ansiedade, depressão, dor nas pernas e no ventre, insônia, crises de choro, compulsão por doces,
entre tantos outros. Acontecem cerca de dez dias antes da menstruação e terminam
após dois ou três dias do início do ciclo menstrual.

Entre os fatores que provocam a TPM, estão a hereditariedade, queda do nível de serotonina (hormônio que provoca sensações de bem-estar), stress (causa o aumento do cortisol), uso de medicamentos e alterações hormonais (estrogênio e progesterona) relativas ao ciclo menstrual.

Para amenizar os sintomas da TPM é indicado ter uma boa alimentação com alimentos saudáveis e frescos como frutas, verduras e legumes e praticar atividades físicas. Na prática de Hatha Yoga existem ásanas que ajudam a regularizar o funcionamento do sistema endócrino e são bons para serem praticados antes e durante o ciclo menstrual. No espaço Yoga Casa Verde você irá vivenciar o melhor de
todas essas técnicas, e aprender muitas posições de yoga que são positivas para a mulher nessa fase. Vou apresentar os benefícios e como fazer cinco delas:

Bhadrasana (borboleta)

Como fazer: Sente-se com a coluna ereta junto as solas dos pés, dobrando os joelhos e com os dedos entrelaçados segure os pés. Movimente os joelhos para cima.

Benefícios: Fortalece os músculos do assoalho pélvico. Estimula os órgãos sexuais e o bom funcionamento dos rins. Regulariza o período menstrual e normaliza as funções
dos ovários. É relaxante!

Bujhangasana

Como fazer: Deite-se do solo, coloque as mãos do lado das axilas e eleve o corpo e a
cabeça inspirando.

Benefícios: Aumenta a capacidade respiratória. Ativa a circulação sanguínea na
pélvis, estimulando o útero e os ovários. Fortalece os músculos do baixo ventre e o do
assoalho pélvico. Equilibra o sistema nervoso.

Contraindicações: Problemas sérios na coluna, hérnia de disco.

Dvipada-Pithan (Mesa de Dois Pés)

Como fazer: Deite-se de costas com as pernas abertas e as mãos próximas aos pés.
Inspirando levante a bacia, tirando-as do solo ao retornar ao solo, desça inspirando.

Benefícios: Melhora a circulação sanguínea dos órgãos abdominais, no útero e nos
ovários.

Contraindicações: Ciática e artrose nos joelhos

Maha Mudra (Grande Mudra)

Como fazer: Sente-se e dobre a perna direita e estique a perna esquerda colocando o pé na raiz da coxa direita. Tente segurar o pé ou o tornozelo. Deixe a nuca sem tensão
e coloque o queixo encostado no esterno. Contraia os músculos do assoalho pélvico.

Benefícios: Tonifica os rins e os músculos do assoalho pélvico. Estimula as glândulas
suprarrenais e ajuda a colocar o útero no lugar quando há prolapso (deslocamento).

Contraindicações: Problemas nos joelhos.

Catuspadasana (Gato)

Como fazer: Fique de quatro com as mãos apoiadas no solo. Inspire e levante a
cabeça e abaixe a lombar, expire e abaixe a cabeça e levante as vértebras torácicas.
Repita o movimento a cada inspiração e expiração.

Benefícios: Massageia todas as vértebras da coluna. Trabalha as glândulas tireoide e
paratireoides, os rins e as suprarrenais. O fluxo menstrual é eliminado mais facilmente.

Contraindicações: Lesões no menisco.

Gostou? Temos muito mais técnicas para te ensinar, posturas do yoga que já mudaram a vida de muitas pessoas, conquistando mais bem-estar e qualidade de vida.

Agende sua aula de yoga experimental gratuitamente no espaço Yoga Casa Verde!

Seguir Profª Fatima:

Olá, eu sou a Fátima, professora da escola de Yoga Casa Verde. Há cerca de 20 anos ministro aulas de Yoga. Nesta minha jornada sei que preciso aprender e me aprimorar sempre para poder ensinar, pois eu sei que cada aluno é diferente. O Yoga é uma fonte inesgotável de conhecimento que traz Luz para todos que se comprometem a ensiná-lo e a praticá-lo. Namaste

Últimos Posts de

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *